24 / ago

FLACIDEZ – COMO A ALIMENTAÇÃO PODE AJUDAR?

Dicas

Vários fatores desencadeiam a flacidez, que pode ser muscular ou dérmica. Fatores genéticos, ambientais (poluição, exposição solar), maus hábitos (alimentação inadequada, falta de exercício, tabagismo, álcool), idade, processos que levam à redução do tônus muscular ou à degradação dérmica do colágeno e da elastina. Ou seja, são vários os motivos pelos quais, em algum momento, e em algum grau, o indivíduo é afetado pela flacidez.

No entanto, assim como vários fatores a desencadeiam, existem várias formas de minimizar a flacidez. Entre eles, a alimentação tem grande importância.
Para que a pele permaneça firme, ou recupere sua tonicidade, é necessário a presença do colágeno. O colágeno é sintetizado a partir dos aminoácidos (proteínas) lisina, prolina e glicina, e de outros nutrientes (como zinco, manganês, cobre e silício) e também de algumas fontes de vitaminas e sais minerais. Tais nutrientes são aliados no fornecimento de antioxidantes, que também contribuem para melhorar e previnir a flacidez.

A suplementação de colágeno hidrolisado pode ser uma ótima estratégia para fortalecer a estrutura da pele, e toda a estrutura de sustentação do corpo.

Essas informações não dispensam o acompanhamento de médicos ou nutricionistas.
Francieli Cristina Barbosa
CRN10 – 2862

NOVIDADES E LANÇAMENTOS

Fique por dentro de todas as novidades exclusivas.

    SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: